>(GO) PM recupera carga roubada

>

Um caminhão e um reboque carregado de soja foram roubados ontem à noite por dois homens na BR-174, próximo a Rio Verde.

O veículo foi abandonado sem a carga na BR-060 e, cerca de 40 quilômetros depois, o motorista do caminhão foi liberado pelos assaltantes.

A carga foi localizada pela PM em uma fazenda da região e o receptador foi detido. A dupla foi presa no centro de Rio Verde, com um revólver calibre 38 e seis munições. Os suspeitos foram levados à delegacia local.

FONTE: JUS BRASIL

>(BA) Olindina: PRF apreende R$ 110 mil em carga roubada

>

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na noite de sábado cerca de R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais) em carga roubada.

Durante a ação no município de Olindina, os policiais localizaram um galpão contendo mais de 1000 unidades de materiais diversos para construção, roubados do veículo Scania, placa MUP 6308/AL.

No local, foi preso o receptador José Ramos dos Santos, 54, que já possuía mandado de prisão em aberto pelo mesmo crime e por homicídio. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Judiciária de Feira de Santana.

FONTE: DIARIO BAHIA

>(SP) Quadrilha de roubo de cargas é presa na Grande São Paulo

>

A Polícia Militar prendeu uma quadrilha especializada em roubo de cargas por volta das 3h desta quinta-feira (10) em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. O grupo roubou nesta madrugada um caminhão na Freguesia do Ó, Zona Norte da capital paulista, mas oito suspeitos foram localizados descarregando a carga de eletrônicos do veículo em um galpão da outra cidade.

O motorista do caminhão foi abordado por dois homens, que o renderam e levaram o veículo. Como ele possuía sistema de GPS, os policiais conseguiram rastrear a carga e os criminosos em um galpão na Avenida Lasar Segall, na Vila Celeste, em Itaquaquecetuba.

Ao todo, oito homens foram detidos no local, sendo um o dono do galpão. Outros caminhões foram encontrados, mas, segundo a Polícia Militar, todos eram regularizados. A carga do caminhão, avaliada em R$ 140 mil, também foi recuperada. O caso foi encaminhado para o Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), da Polícia Civil de São Paulo.

FONTE: TV ESTILO

>(PB) Operação Policial prende acusado de receptação de cargas no sertão paraibano

>

Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar prendeu Edival Estrela de Araújo, conhecido como “Baixinho” ou “Pato”, acusado dos crimes de receptação de cargas roubadas e formação de quadrilha. O acusado já era procurado pela polícia na Operação Rede Marginal, em janeiro de 2008, mas na  época ele  conseguiu foragir de um cerco policial no bairro André Gadelha na cidade de Sousa-PB, onde morava e desde então se encontrava foragido.

Há cerca de uma semana o Grupo Especial da 9ª Regional de Polícia Civil, recebeu uma informação anônima informando que um fugitivo da justiça de apelido “Pato” tinha chegado da cidade de Curitiba (PR) e estava na casa de seu sogro no sítio Passagem Rasa município de Triunfo-PB. A prisão aconteceu por volta das 5h30 da manhã do último sábado (5).

O acusado foi conduzido para a Delegacia de Cajazeiras onde autuado em flagrante pelo crime de falsidade ideológica e posteriormente conduzido para o presídio de Segurança Máxima de Cajazeiras, onde ficará a disposição da Justiça.

Entenda o Caso:
O juiz da Comarca de São Bento, no Sertão do Estado, José Marcio Rocha Galdino, proferiu no início da tarde desta sexta-feira (9) sentença às 26 pessoas presas pela Operação Rede Marginal. A menor pena foi de quatro anos e a maior de 19 anos de prisão.

A Operação Marginal foi realizada pela Polícia Federal, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal, em janeiro do ano passado, com o objetivo de combater crimes de tráfico de armas e de drogas e de pistolagem em São Paulo, Ceará, Paraíba e Santa Catarina.

As ações prenderam 26 pessoas na Paraíba, nas cidades de São Bento, Sousa, Patos, Catolé do Rocha, Pombal e João Pessoa.

FONTE: CLICK PB

>(PB) PM do 6º batalhão de Cajazeiras prende acusado de receptação de carga roubada

>

Edival Estrela de Araújo foi detido na Zona Rural de Triunfo. Ele foi autuado também por falsidade ideológica.

A Polícia Militar do 6º Batalhão de Cajazeiras prendeu nessa sexta-feira (04) Edival Estrela de Araújo, 35anos, residente no sítio Passagem, município de Triunfo, acusado de receptação de cargas roubadas.

No momento da prisão, Edival apresentou documentação falsa e foi enquadrado também no crime de falsidade ideológica.

A PM da cidade cumpriu o mandato de prisão expedido pelo juiz da Comarca de São Bento

O acusado é procurado pela polícia desde o ano de 2008.

FONTE: ALO SERTÃO

>(PE) Carrefour vendeu lote de celular roubado

>

A unidade de Recife (PE) da rede francesa de hipermercados Carrefour fez uma promoção de venda de celulares que faziam parte de uma carga roubada em São Paulo no ano passado.

É o que revela o inquérito aberto pela Delegacia de Roubo de Cargas de Recife. De acordo com os autos do processo, pelo menos 500 aparelhos da marca Ericsson, modelo DH 668, foram colocados à venda na unidade.

Os telefones faziam parte de um lote, avaliado em R¹ 1,5 milhão, que foi roubado na rodovia dos Bandeirantes no dia 3 de maio do ano passado.

A investigação do roubo, que começou a partir de uma representação criminal feita por advogados da Ericsson, apurou uma trama cheia de personagens.

Um representante da empresa em Pernambuco desconfiou de uma promoção do Carrefour em que os celulares estavam sendo vendidos por R4 199,00. Segundo o funcionário, cujo nome não foi revelado, o preço do modelo, pelas características do aparelho, estava muito abaixo do valor praticado no mercado.

Ele comprou um aparelho, em agosto do ano passado, e o enviou para a sede da Ericsson, em São Paulo. A empresa constatou, por meio do número de série do aparelho (20407526133) na nota do Carrefour (064044 série F), que o telefone fazia parte do lote roubado na rodovia três meses antes.

Intermediários
Em depoimento à polícia, Altair da Silva, então gerente da unidade do Carrefour em Recife, afirmou que a carga havia sido comprada da Spryntt Celular Comércio e Serviços Ltda. A reportagem verificou que no endereço a que a nota fiscal remete, em Olinda, existe atualmente uma loja de venda de roupas.

De acordo com o gerente, o lote de celulares foi oferecido ao hipermercado por Flávio Ferreira da Silva, representante comercial da Brigntpoint do Brasil Ltda., de Barueri (SP), uma das fornecedoras do Carrefour.

Ouvido pela polícia, Flávio, por sua vez, disse que somente intermediou a informação de que havia no mercado um lote de telefones à venda, que teria sido repassada a ele por Ricardo José Rodrigues Gomes de Matos.

Engenheiro civil que trabalhara no mercado de celulares de Recife, Matos disse que fora procurado, em junho do ano passado, por Luiz Ricardo Gusmão, que seria o dono da Spryntt e estaria à procura de compradores para um lote de celulares. A polícia não conseguiu localizar Gusmão.

O delegado Luiz Roberto Bruto da Costa, responsável pelo inquérito, indiciou o então gerente do Carrefour, Altair da Silva, o representante da Brigntpoint, Flávio Ferreira da Silva, e o engenheiro civil pelos crimes de receptação de mercadoria roubada e formação de quadrilha.

O relator da CPI do Roubo de Cargas, deputado Oscar Andrade (PFL-RO), disse que o episódio “confirma indícios de que grandes grupos empresariais estão envolvidos no roubo de cargas”. “Seria ingenuidade achar que os R$ 500 milhões que são roubados em cargas ano após ano alimentam apenas o comércio informal, o camelô. Hoje, o roubo já é feito sob encomenda”, afirmou.

Ele disse que o motorista Jorge Meres, principal testemunha da comissão, “afirma categoricamente que já entregou mercadoria roubada no Carrefour de São José dos Campos”.

“Os nossos trabalhos, na segunda fase da CPI, vão enfocar a questão da receptação de produtos roubados”, declarou o deputado.

A Ericsson, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que não poderia comentar o assunto, por orientação de seu departamento jurídico, pelo fato de estar sub judice.

De acordo com a empresa, qualquer telefone celular pode ser habilitado em uma operadora desde que exista uma nota fiscal de venda ao consumidor.

FONTE: FOLHA.COM

>(RJ) Homem acusado de roubo de carga é preso na baixada

>

Policiais encontraram na casa do suspeito grande quantidade de chinelos de marca famosa

Policiais da Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae) prendeu nesta quinta-feira (27) um homem acusado de roubo de carga em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os agentes da Drae encontraram na casa do suspeito 11 sacolas com grande quantidade de chinelos de uma marca famosa e uma pistola.

Segundo os agentes, o material apreendido pode ser fruto de um roubo. A Drae entrou em contato com a transportadora responsável pela carga para esclarecer a origem do produto. O acusado foi autuado por porte ilegal de arma e encaminhado para a Polinter, no Centro do Rio, onde ficará à disposição da Justiça.

FONTE: R7 RIO DE JANEIRO

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.